carregando...

Moagem

Aqui é o início de tudo. A variedade de maltes é imensa, por isso a escolha dos grãos é essencial para o tipo de cerveja que se deseja fazer. Com os grãos selecionados, o processo de moagem tem início.

Mosturação

O malte moído se mistura à água cervejeira, agora batizado de mostura. No início ela possui um tom pastel que ao longo do processo vai tomando a cor da cerveja produzida.

Clarificação

É o momento de separar o bagaço e as impurezas do mosto. Feito isso, está tudo pronto para o próximo passo.

Cozimento

Chegou a hora de adicionar o lúpulo, responsável pelo amargor e aroma. Durante o cozimento também ocorre a concentração da mistura, a esterilização do mosto e outras reações.

Fermentação

Os açúcares são transformados em álcool e CO2. O teor alcoólico de cada cerveja varia de acordo com a quantidade de matéria-prima utilizada e da taxa de fermentação. Aqui também são colocados os ingredientes especiais de cada cerveja. Quando a fermentação tem início, a temperatura é ajustada para o tipo de cerveja que se deseja: Ale ou Lager.

Maturação

Quase tudo pronto para experimentar uma verdadeira cerveja. No início da maturação, abaixo de 0°, ocorre a retirada do fermento enquanto sabores e aromas vão se “arredondando”. Após isso o produto vai para o envase, a última etapa.

Envase

O momento tão esperado pelos apaixonados por cerveja. Com tudo pronto, a mistura pode ter dois destinos: chopp, armazenadas em barris, ou garrafas. envasadas, pasteurizadas e rotuladas. O próximo passo? Experimentar, é claro.

Descubra pessoalmente como nascem as cervejas

visite a maternidade
(31) 3228-8875

Conheça as cervejas Backer

Sabores, aromas e histórias diferentes esperam por você.

ver cervejas